Olhando para fora d’água

    0
    306
    Foto: Pixabay

    Um tema que desconheço totalmente é este… o mundo da Aquicultura. Contudo em recentes pesquisas para nossa coluna me deparei com uma série de startups e/ou empresas que estão despontando fora do Brasil que, em breve, devem estar aparecendo por aqui. Algumas delas são:

    ARBION – Procura abordar duas questões críticas que enfrentam a aquicultura: o suprimento de proteína e a saúde gastrointestinal dos espécimes, integrando um material historicamente não alimentar (a madeira) na cadeia de abastecimento alimentar. A abordagem “Wood to Food” possibilita a produção de um ingrediente nutritivo, rastreável e sustentável, rico em proteínas, para alimentação e consumo de alimentos. (www.arbiom.com)

    ENTOCYCLE – Desenvolve tecnologia para a industrialização de insetos. É uma nova forma de proteína que pode substituir as proteínas tradicionais, como farinha de peixe e soja, ambos os quais são cultivados de maneira insustentável. Uma pecuária inteligente, escalável e sustentável para o futuro. (www.entocycle.com)

    JALA – Está capacitando a criação de camarão para aumentar seus rendimentos através da produção orientada a dados. Oferecem um sistema de monitoramento de água, gestão agrícola e sistema de apoio à decisão para os produtores fazer o tratamento certo com base em dados reais. A empresa deseja prevenir doenças, aumentar a produtividade das fazendas de forma sustentável e rentável. (https://jala.tech)

    KNIPBIO – Para atender à demanda prevista da aquicultura, será necessário fontes adicionais de proteínas que levem ao maior desempenho do cultivo. A empresa criou uma gama de ingredientes Premium a partir de matérias-primas de baixo custo que contêm alta concentração de proteínas e imuno-nutrientes importantes. O desejo é de ajudar os produtores a criar peixes mais saudável e camarão, estabilizando a volatilidade tradicional do custo de insumos. (www.knipbio.com)

    MANOLIN – Fornece um conjunto de ferramentas que estão sendo utilizados por fazendas em toda a Noruega para melhorar os relatórios de monitoramento das operações e obter uma melhor compreensão das coisas que estão ocorrendo. Trabalham com dados agregados dos setores públicos e privado para oferecer índices importantes sobre a “saúde” das fazendas. (www.manolinaqua.com)

    Vamos pensar fora da caixa e olhar para todos os lados! Tem muita coisa boa por ai… Só é preciso buscar a tecnologia que melhor atende suas necessidades.

    O Agro não para!

    Marco Lorenzzo Cunali Ripoli, Ph.D. é Engenheiro Agrônomo, Empresário e Consultor,  Mestre em Máquinas Agrícolas pela ESALQ-USP e Doutor em Energia na Agricultura pela UNESP, executivo, disruptor, empreendedor, inovador e mentor. Proprietário da BIOENERGY Consultoria, da ENERGIA DA TERRA empresa de alimentos saudáveis e investidor em empresas. Acesse www.marcoripoli.com

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here